Translate

terça-feira, 27 de setembro de 2011

CONSELHOS QUE VÃO AJUDAR VOCÊ A ENCONTRAR UM NOVO AMOR


 
Um novo amor
 Conselhos que vão ajudar você a encontrar um novo amor

Dizem que para curar uma paixão antiga, devemos encontrar uma nova. Mas, e quando não estamos tão dispostos assim a substituir um amor antigo? Não existe nenhuma equação que indique a maneira adequada de se vivenciar o "luto" do fim de um relacionamento. O importante, contudo, é entender as próprias necessidades e ver se realmente você está pronto para viver um novo amor.

Existem pessoas que demoram cerca de uma semana para superar o fim de um relacionamento. Para outras, pode levar um mês, seis, um ano ou dez. "O tempo de superação depende de como a pessoa encarou o término. Fatores como a ajuda ou não de um terapeuta, do apoio ou não da família e dos amigos e até a retomada ou não de hobbies ou atividades que lhe dão prazer influenciam no tempo que a pessoa pode levar para superar o fim de uma relação".

Não dá para saber como a pessoa vai encarar o fim de uma relação e, muito menos, quando – e se – ela estará pronta para retomar a vida amorosa. Isso depende de cada um. "Geralmente, os homens tendem a superar o fim de uma relação mais rápido. Eles saem mais do que as mulheres após o fim da relação e acabam se envolvendo logo em outro relacionamento. Mas isso não é uma fórmula exata. A mulher pode superar mais rápido, ou o homem pode jamais se ver pronto para retomar a vida amorosa com outra. A pessoa deve reconhecer a vontade ou necessidade de buscar um novo amor dentro dela. Ela simplesmente sabe quando está pronta", diz Katia.

Em 1988, o educador e filósofo Paulo Freire, ao receber o título de doutor honoris causa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), disse: "Tive a coragem de casar, de amar outra vez! Vivi momentos de culpa ao olhar uma rosa bonita! Amando essa outra mulher encontrei o mundo! Quem não é capaz de amar tem que se rever. Dedico esse título à memória de uma e à vida de outra!". Paulo achou por bem entregar seu coração a um novo amor após a morte de sua esposa, Elza. E o exemplo dele serve de inspiração para muitas possibilidades do que significa viver um novo amor.

O novo amor não precisa ser, necessariamente, outra pessoa, um novo relacionamento. "Quando você se separa, fica um buraco, uma brecha, uma perda, sensação de fracasso. Isso acaba deixando vulnerável, fragilizada. É normal sentir tristeza, especialmente após o fim de um relacionamento longo. É preciso viver esse tempo de luto antes de começar a preencher o buraco aberto pelo fim. A pessoa pode passar a amar a profissão, os novos convívios. Ela pode amar fazer uma nova faculdade, adotar um filho, escrever um livro, viajar. Apesar de todo mundo gostar de uma companhia, ela não precisa ser romântica. Um trabalho voluntário, por exemplo, abastece bem a parte afetiva".

Se você ainda não tem certeza de como se sente com relação à entregar-se a um novo amor, não deixe de ler os conselhos da Drª Pepper Scharwartz, professora de Sociologia da Universidade de Washington.
Sofrer faz parte
Para estar realmente disponível, você deve estar totalmente pronta para seguir em frente e dedicar-se à outra pessoa. Isso não significa que você não honre seu casamento de 30 anos, que terminou com a morte de seu cônjuge. A dor da perda é algo legítimo, mas se você ainda está sofrendo, significa que você ainda não está preparada para um novo amor.

Não guarde mágoas
Em um relacionamento, a maioria das pessoas evita novos companheiros com muita bagagem. Esse é o indivíduo que ainda está carregando os acontecimentos e sentimentos desagradáveis de seus relacionamentos anteriores para o presente. Mágoas e ressentimentos - mesmo que justificados - irão afastar as possibilidades de conhecer um novo amor.

Não se entregue logo no início
Pessoas que contam sua vida inteira logo no primeiro ou segundo encontro correm o risco de sobrecarregar um possível relacionamento rápido demais. Vá com calma e deixe que o outro reconheça suas melhores qualidades. Haverá tempo de sobra para a troca de informações mais profundas, se houver interesse e atração entre o casal.

Saiba ouvir
Todos nós gostamos de falar sobre nós mesmos e as coisas que mais nos interessam. Mas um erro muito comum é não deixar a outra pessoa se expressar também. A maneira mais certa de conhecer novas pessoas é levá-las a falar de si e realmente ouvir o que elas têm a dizer. Faça perguntas, deixe a pessoa confortável para falar sobre ela mesma. Você precisa aprender a dar e receber.

Fique bem consigo mesma
Se você está enferrujada para paquerar, é possível que você tenha relaxado em relação à sua aparência. Você pode precisar voltar a praticar exercícios, um corte novo de cabelo, ou refazer seu guarda-roupa. Isso não significa que você tenha que se vestir com os últimos lançamentos da moda ou que tenha que ter um corpo de modelo. Mas mostrando um pouco de cuidado com sua aparência, você irá refletir uma boa impressão no outro. Um amigo pode ser um bom conselheiro nessas horas.

Seja feliz
Quem está na faixa dos 50 anos está procurando alguém que ainda tenha energia, otimismo e calor humano. Se você está se sentindo infeliz, você não será capaz de retribuir nenhum desses aspectos. Se o seu humor anda em baixa, provavelmente deixará a outra pessoa para baixo também. Esteja pronto para um novo relacionamento com um sorriso no rosto e seja otimista.

Aceite os fracassos
A busca por um novo amor nem sempre é fácil, ela vem acompanhada de altos e baixos. Claro, pode ser desanimador conhecer pessoas que nada têm a ver com você. Mas tente usar isso para aprender mais sobre os outros e sobre a vida. Um relacionamento não é um mar de rosas, ele pode ser até devastador se não for correspondido. Não desista, se você for persistente e entender que encontrar um novo amor leva tempo, você acabará encontrando alguém muito especial.

Não espere a pessoa perfeita
Se você tem uma enorme lista de exigências e critérios, será difícil encontrar alguém que seja bom o bastante para você. Mas se você tiver expectativas mais razoáveis e menos exigentes tudo será bem mais fácil. Seja razoável e realista, lembre-se de sempre pensar positivo. Se você quiser e estiver disposto a encontrar um novo amor, com certeza você vai conseguir.