Translate

domingo, 16 de outubro de 2011

Sintomas de que ele está apaixonado...

De repente, o amor acontece ! Como um flash de luz torna tudo mais iluminado!  Um grande amor pode não estar em seus planos no momento atual.  Está saindo com uma mulher bonita, inteligente ou mesmo interessante. Pensa apenas em passar bons momentos e "ficar" algumas vezes. Ela é  sensual e muito envolvente.


Os três primeiros encontros são inesquecíveis. A mulher é maravilhosa. Depois  de alguns encontros vem a intimidade num quarto de motel ou em seu apartamento solitário. Você não quer  mais do que isso! Nada de telefonemas, namoro sério ou qualquer coisa que se aproxime de um compromisso. No entanto, nem tudo na vida acontece como a gente programa, não é? Está acostumado a encontros casuais  e não quer nada com o amor. É seu estilo de vida! Pode ser que esteja começando sua vida amorosa e seja muito jovem. Quer apenas encontros sem compromisso. Ou então é, um homem maduro, bem sucedido e descrente nas questões amorosas. Sucessivos relacionamentos. Muitas decepções. Está saindo de um casamento muito sofrido. Não quer nada que comprometa sua liberdade.
    O Amor é surpreendente, porque vem na hora que menos se espera. 
    Como diz John Gray, terapeuta americano especialista em terapia de casais: "os homens são de Marte e as mulheres de Vênus". Amam de maneira diferente. No entanto, mesmo assim, o Amor acontece na vida de um solteirão invicto, de um mulherengo incorrigível ou mesmo de um homem marcado por sucessivas traições. Eles, às vezes, resistem ao máximo a um compromisso mais sério.
    No entanto, algo está diferente. Depois de alguns encontros, o homem pensa que pode se livrar daquela mulher interessante. Não consegue. Vem de mansinho uma saudade sorrateira. Pensa um pouco antes de ligar para ela. Repensa. Pronto! Ele se entrega  e liga para a mulher amada.
   Ambos estão na fase mágica do amor: muita atração física e desejo de estar sempre juntos. O homem gostou muito de fazer amor com ela. No entanto, percebe que é muito mais do que um corpo bem feito. Saem mais vezes. A mulher começa a entrar devagarinho em sua vida. No começo, ele se deixa levar, mas não se entrega muito. Aos poucos, ela vai conquistando espaço. Mulher entrando na vida do homem. É o amor que deseja tomar conta e transforma pessoas solitárias em  casal feliz. Ela quer um namoro consistente. Ele nem tanto!  No entanto, excesso de carinho ou grude demais o deixa constrangido. Aí, vem uma fase delicada. A mulher conquista espaço na vida do homem. Deseja  mudá-lo de qualquer maneira. Ela se infiltra a todo momento em seu celular e liga toda hora. Insiste, pede e cobra sempre mais do relacionamento.
  O homem apaixonado recua um pouco. Sente receio! Preza  muito sua liberdade, a cerveja com os amigos, o futebol e apenas alguns momentos efêmeros através do sexo sem amor. Não quer sofrer novamente ou então não está preparado para um compromisso muito sério. Ele se afasta dela, mas continua gostando. Precisa provar a si mesmo que ainda tem autonomia. Não! Aquela mulher está entrando muito na sua vida!  Esta mulher invadiu seu quarto, sua cama, sua cozinha e agora, prepara quitutes para agradar seu homem. Ele tem medo...porque sente algo no ar: perigo de compromisso. A mulher  não compreende aquele afastamento repentino chamado de a "a fase do elástico". Neste momento, ela deve ser sábia e deixá-lo livre. Como se o elástico devesse se esticar até não poder mais. Ele se estica e depois volta ... O homem então volta... muito mais apaixonado e disposto a se dedicar mais à mulher amada. Agora, se ela percebe o afastamento dele e corre atrás... tudo desanda. Ele se afastará ainda mais dela. É necessário um pouco de tempo para que ele elabore e aceite o amor. Estará pronto para o relacionamento.
    É a  fase de adaptação do casal. Eles sabem agora que são dois! Precisam ceder um pouco o seu espaço, as suas horas e  dar atenção ao outro. O homem tem que se adaptar ao ritmo da mulher e ela ao dele. No entanto, amar uma mulher não é se anular por causa dela.
  Se quer conquistar o amor... dê asas a ele! Pegue leve! Você também pode se transformar num homem muito ciumento. Puro medo de novas traições. Isto acontece muito. Homens que já foram traídos uma vez  podem desenvolver  receio de serem traídos novamente. Tornam a vida da companheira um verdadeiro inferno de posse e controle. Como se a posse e o ciúme excessivo pudesse evitar o abandono e a traição.
  Certos homens evitam demonstrar  seus sentimentos. Pode ser uma atitude puramente machista mas nem sempre. Outras causas mais profundas explicam um comportamento fechado ou tímido no amor. Declarar seu amor para a mulher  significa fraqueza para alguns homens. Outros, gostam de se declarar muito, mas não é um sentimento sincero.  O homem vive se declarando para a mulher  e a enche de presentes. No entanto, falta aos encontros, raramente liga e jamais se desculpa. O Amor é demonstrado  pelas atitudes do homem  e não apenas pelas palavras.
   Algumas histórias de amor são um verdadeiro suplício. Parece que o homem gosta da mulher difícil, sempre inacessível. Quanto mais ela se afasta, mais ele corre atrás dela. Isto não é amor! É dependência, paixão, carência afetiva, mas não amor completo. No amor completo tem que estar bom para os dois. Amar uma mulher não é muito difícil! O difícil é fazê-la feliz... e o relacionamento crescer apesar das diferenças de opinião, temperamento, etc. A mulher tem um jeito diferente de encarar o amor e o sexo. No entanto, carinho, diálogo e uma boa dose de compreensão vencerão as diferenças na forma de vivenciar o amor.
  Tanto o homem quanto a mulher sentem medo. Todos nós sentimos medo de sofrer, de abandono, de  novos relacionamentos. Com este medo, criamos uma defesa interna que nos impede de se abrir para o outro e expor as fraquezas e os sentimentos. "Ah, se eu falo que estou apaixonado... ela vai pensar que sou mole... e se aproveitar"- pensam alguns homens. Ou então: "Puxa, dei um carro novo para ela... e mesmo assim, ela vive se queixando de mim." O diálogo e o companheirismo é sempre uma forma adulta de aparar arestas e não criar expectativas irreais. Para ele, um carro zero é uma demonstração de amor. Para ela, é um gesto de carinho, uma flor ou mais atenção na hora das refeições. Cuidem do relacionamento dia a dia, para manter viva a chama do amor.
  O Amor transforma toda a nossa vida! É preciso coragem, bom senso e  paciência para viver um grande amor!
  O Amor não é fragmentado! O Amor não é somente sexo, um bom papo numa mesa de bar, ou mesmo "ficar" algumas vezes com uma garota. Sentir Amor é estar comprometido  com alguém. É se responsabilizar por este compromisso e estar ao lado dela para o que der e vier: um cinema, fazer amor num motel, fazer um filho e cuidar dele, cuidar dela quando adoecer ou ajudá-la quando precisar. Amor combina com responsabilidade. Não é fácil, mas quando acontece é pura magia!
   E quando um homem verdadeiramente ama... é para valer!
Bibliografia consultada:
Homens são de Marte e as mulheres são de Vênus - John Gray.(Editora Rocco 12ªedição.)
Marte e Vênus juntos para sempre - John Gray.


Sandra Cecília é formada em Psicologia Clínica e já trabalhou com Psicoterapia, Aconselhamento e técnicas de Relaxamento durante mais de dez anos. Atualmente é taróloga e estudiosa dos oráculos. Ministra palestras sobre auto-ajuda, aconselhamento afetivo e espiritualidade.
Mais informações em seu site: http://yineyang.sites.uol.com.br