Translate

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Manual para não morrer de amor

EU RECOMENDO A LEITURA DESSE LIVRO, POIS, JÁ LI VÁRIOS LIVROS DE AUTO AJUDA E ESSE VAI DIRETO AO PONTO, PORTANTO, FARÁ COM QUE VOCÊ SE SINTA BEM MELHOR, PRINCIPALMENTE SE NÃO CONSEGUE ESQUECER DE UM AMOR... DESSES QUE DURAM TANTO DENTRO DA GENTE...


É praticamente impossível encontrar alguém que não tenha vivido uma história de amor marcada pelo sofrimento, pela ansiedade e pela angústia. Mas ter uma relação assim uma vez na vida é normal, o problema é quando isso é constante em todos os relacionamentos.
Manual para não morrer de amor
Publicidade
Há até quem acredite que esses sentimentos são normais e, por isso, ficam presas a relações que geram dor e não prazer. O psicólogo Walter Riso (italiano) escreveu o livro Manual para não morrer de amor (Editora Planeta), com o objetivo de mostrar que é possível viver uma relação saudável, com o casal caminhando junto e sem que um anule o outro.
Na publicação ele registra alguns dos problemas que transformam o amor em agonia e oferece uma série de princípios básicos de "sobrevivência afetiva". Cada capítulo do livro aborda uma situação-problema, e então o psicólogo explica como identificar e o que fazer. Segundo Riso, no amor saudável não há espaço para resignação nem martírio. "Faz sentido perseguir algo ou alguém que já fugiu do nosso controle?", questiona o autor, lembrando casos em que um dos membros do casal precisa se destruir para que o outro seja feliz. "Às vezes, na terapia, encontro casais tão incompatíveis que me pergunto como diabos foram ficar juntos. Será que estavam cegos? E a resposta é que, em certo sentido, estavam sim."
Riso enumera alguns ‘sintomas’ de relação destrutiva, vale ficar atenta nas situações e pensar que talvez seja a hora de dar uma virada na vida:
- Relacionar-se com uma pessoa que não lhe ama mais, mas insistir que pode reconquistá-la;
- Fazer tudo para tentar agradar seu companheiro, por medo de perdê-lo;
- Ter um amor mal curado que não consegue esquecer, mas, mesmo assim, sair em busca de outro;
- Viver um relacionamento frio e distante;
- Achar que está se relacionando com uma pessoa extremamente especial, acima do seu merecimento;
- Viver resolvendo os problemas da pessoa amada, mas esquecer-se dos próprios;
- Ter um parceiro muito mais novo ou muito mais velho e, apesar de estarem vivendo uma ótima relação atualmente, angustiar-se pelo futuro.

O livro tem preço sugerido de R$ 19,90.
Por Larissa Alvarez